sábado, agosto 05, 2006

DONA EMÍLIA

sábado, agosto 05, 2006

Ufa! Já estou bem, nem eu própria sei o que me aconteceu, mas já passou. Ponto final parágrafo.
Ontem sexta feira estive cheia de serviço nem deu para escrever nada, mas cá estou hoje outra vez, no meu quintal, sem rede, com muito calor mas muito mais descansada.

Ontem tentei variar aqui o meu jardim com outras coisas, mas não consegui, mas hei-de aprender e pôr aqui umas musiquinhas. É que eu gosto muito de música, de ler e se for perto do mar ainda melhor, é que a música e o mar fazem-me sempre muita falta.

Ultimamente tenho saído muito pouco e estou quase a sentir-me freira. Acho que nos tempos que correm nem as freiras estão tão enclausuradas. Resumindo acho que estou a precisar urgentemente de férias. Mas hão-de chegar já faltou mais.

Acho que no fundo, lá no fundo mesmo estou bastante triste. Faleceu a mãe de uma amiga minha. Não tem nada de extraordinário uma vez que não é da minha família, mas para mim é como se fosse, passei alguns natáis com ela quando não tinha ninguém da familia cá.

O meu marido andou uns tempos a trabalhar lá fora, ou seja, andava a trabalhar num barco de pesquisa oceanográfica e chegava a estar dois meses fora. Só que uma das vezes coincidiu com o Natal e na mesma altura tinha a minha irmã e a minha mãe em Angola. Resultado, foi na casa da minha colega que lá passei essa festividade com os pais dela e com as minhas filhas. A minha filha mais pequena tinha na altura um ano ou ano e meio e essa senhora, que para mim vai ser sempre a dona Emília, pegava na minha filha como se fosse neta dela e isso eu não esqueço. Era daquelas pessoas muito doces de que todos gostamos. Ficará sempre na minha memória e no meu coração. PAZ À SUA ALMA

Bolas até já tenho lágrimas nos olhos. Eu que nunca consigo chorar nos funerais fico sempre com um nó na garganta, mas depois caio para o lado. Pronto, já chega de coisas tristes. Por muito que me custe a vida continua e a saudade dela também vai ficar.

3 comentários:

Ricardo Santos disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ricardo Santos disse...

Don't Worry Be Happy - Bobby Mc Ferrin

:-)

pinky disse...

enquanto ela for lembrada, estará sempre entre nós, que a passagem tenha sido suave, e q a sua energia nos toque ;) beijos grandes