terça-feira, agosto 01, 2006

FIM DE SEMANA

terça-feira, agosto 01, 2006

Uih já cá estou. Só não escrevi nada ontem porque tive muito que fazer. É que estar quatro dias fora é complicado e quando a colega que não corta jornais está de fim de semana ainda pior. Quando chego são os jornais de fim de semana e mais os do dia. É obra. Mas cá estou para vos contar a minha jornada.

Quinta feira - Relax. Tinha de ser, depois de quase duas semanas a trabalhar de seguida soube mesmo bem.
Sexta feira - Toca a preparar tudo que a irmã fazia 50 anos e convidou-nos para lá ir jantar ao Cartaxo. Fiquei "besta" ou mais concretamente admirada por o meu marido querer ir lá jantar. Devia estar um burro para morrer. É que ficar lá o fim de semana ainda vá que não vá, agora umas horitas? Bem lá fomos e tive uma surpresa. Quando cheguei tinha lá uma tia que já não via há uns tempos e que por casualidade faz anos no dia a seguir à minha irmã. Bom, antes da meia noite cantámos os parabéns à mana e depois da meia noite cantámos à tia. Dois em um. Foi muito agradável, só faltou o meu sobrinho, que chega amanhã da Austria onde esteve a tirar um curso, e a minha filha mais velha que não pôde ir. De resto estava a família mais cheegada, conversa e mais conversa cheguei a casa às duas da manhã.
Sábado - Dia de compras. As mulheres são mesmo assim, todas as semanas a armazenar para a semana seguinte não faltar nada em casa.
Domingo - Bem aqui ia-me passando é que o marido tinha dito à minha irmã que lá íamos almoçar, mas quando acordou, devia estar com os azeites, não sei bem, não quis ir. Mandou-me telefonar a ela a dizer que não ia. Mas se eu quisesse ir para ir. Ora bem, não pensei duas vezes e disse logo que ia com a filha mais velha. Essa no domingo já podia lá ir. E fomos. As duas filhas, o genro e a neta. Todos para o Cartaxo e marido em casa. Oh yeh!
E foi muito agradável, juro que se pudesse ficava por lá. Estava uma tarde fabulosa com calorzinho, mas com um ventinho super agradável. A neta enfiada numa piscina de plástico que pusemos com água ao sol para ficar quentinha. E agora para ela sair de lá. Aí é que foi difícil, mas lá conseguimos tirá-la e viemos embora.
Segunda feira - Dia de trabalho. Snif, snif, snif...

Pronto e cá estamos para mais um dia laboral.
Ah mais uma coisinha, D. Angelita, o ser simpática não quer dizer que não seja tímida, ok?

2 comentários:

luis disse...

desde o dia 26 que ando a gastar a tecla do rato a bater á porta do castelo ,estava sempre fechado hihihihih pensei bem a ANA vendeu o seu castelo ..... mas foi uns dias a passear e muito trabalho hooooo dos tres blogs que visito estava tudo sem dar sinais de vida uma ficou sem cabo da nete outra a passear por mim tá tudo desculpado.esposo deve de ser como eu não gosto de conduzir já estou saturado de muitos milhares e milhares de kilometros penso que ate algum milhão bem puxado pois durante muitos anos as minhas companhias eram as estradas e e a radio renascensa, e o amigo era o camião TIR
adeus ate amanhã, lá para o fim do mundo e para o castelo não me façam bater com o nariz na porta hahahah. pontos e virgulas e assentos é o que falta hahahah
manu fuik

pinky disse...

belos dias sim sra! e é assim mm o marido faz birra, fica sózinho em casa, para a próxima já vai ;)jokas grandes e boa semana de trabalho.