terça-feira, outubro 23, 2007

ALIGEIRAR.....

terça-feira, outubro 23, 2007

Pois é Capitão de vez em quando volto às piadas, às anedotas. Sabe bem aligeirar ou mesmo desanuviar o ambiente, neste caso literário. A vida já é tão complicada ou será que nós é que a complicamos? Eu sinto que de vez em quando uma piadinha é como se fosse um pouco de vento a empurar uma nuvem negra que paira sobre coisas e situações da vida. Porque será que havemos de estar sempre a bater na mesma tecla? Que tudo nos corre mal, que não temos sorte, que temos só azares e os outros não, que não temos isto, que não temos aquilo, quando muitas vezes isso só parte de nós.
Desculpa Capitão não estou aqui, de maneira nenhuma, a criticar o teu comentário, pelo contrário, peguei nele precisamente para agitar as hostes. Já é altura deste País não ser tão cinzento e cabe a cada um de nós fazer a nossa parte. Como já deves saber estou desempregada e não me pus a chorar "de coitadinha" há que ir em frente. Não me posso culpar por isso, se há culpa é dos nossos patrões e da maneira como eles geram as empresas ( e agora um áparte, o nosso Governo vai pela mesma linha) há que levantar a cabeça e tentar fazer outras coisas.
Somos nós que temos de escolher o nosso caminho e às vezes escolhemos o caminho errado e quando o escolhemos já estamos tão habituados a ele que não tentamos ter força para escolher outro caminho. Há que ter força e coragem para tomarmos certas decisões para não só sermos pessoas melhores como para sermos felizes, pois quando somos felizes à nossa volta gera-se uma onda positiva. E se repararem existem certas pessoas que nós gostamos muito de estar com elas que nos dão uma certa paz e tranquilidade, reparem lá se essas pessoas não têm sempre uma onda positiva sobre a vida?
E já agora comentem lá se tenho ou não razão, ou estou só a filosofar?

6 comentários:

cris disse...

Ahh querida, adoro seus textos. Realmente, graças a Deus,tem muitas gente especial no mundo, que só de ouvir a voz a gente se sente bem.

Tambem tô com saudade, mas vim rapidinho pq tô com problemas na conexão e tenho medo de cair.

Beijão!
Boa semana!

smpc83 disse...

Ana acho que tens toda a razão!!!
beijinhos fica bem

Capitão-Mor disse...

Acho que tens razão, mas a minha intenção não foi criticar-te, apenas fiz uma constatação. Acredito que viver em Portugal seja uma neura na actualidade...
Bjo

cris disse...

Querida, vim deixar um grande beijo e desejar bom final de semana....

Sabe, tem uma coisa que esqueci de dizer no comentário anterior:

você é uma pessoa iluminada, animada e pelo menos a mim, me faz muito bem...

por isso estou sempre aqui.

Beijos, com amor!

Rubina disse...

Ana

Concordo com tudo o que escreves, que nos somos responsaveis pela forma como gerimos a nossa vida, e podemos salpica-la com raios de sol ou com nuvens. Mas tambem percebo o comentario do Capitao-Mor. E que neste momento, e como ha tanta gente a carregar e a lancar nuvens negras, isso dificulta a missao de quem e iluminado e quer procurar ser positivo. Jinhos

pinky disse...

tens toda mas toda a razão! é isso mesmo, apesar de nem sempre resultar.
ás vezes não há positividade que nos valha, ás vezes é a negatividade que nos circunda que nos invade, claro há que ter forcinhas para dar a volta, mas para isso tb há que ter energias.
respondendo-te aos sms (sou uma mal educada, nem te respondi, mas nesta fase, mal vejo os sms´s e tenho o móvel em silêncio para não me desconcentrar, depois qd os vejo já é tarde para responder, e depois no dia seguinte, esqueço-me, é qual bola de neve. Depois qd tenho um tempinho é pegar em tudo e responder a todos de seguida) mas adiante como te estava a dizer, o "sumisso" deve-se a trabalho extra, faço o que devo fazer mais o que os outros deviam fazer e não fazem, mas tem que ser, qd se trabalha em grupo e o nosso nome está envolvido, trabalha-se e pronto, e da próx x já sabemos com quem não contar...
c´est la via!
Espero que estejas bem, a ver se qd passar isto td, q suspeito que aconteça lá para meados de Nov. se jantamos e pomos a conversa em dia.
Custou-me saber o que se tinha passado contigo e não poder estar junto de ti, mas como ando não te ía conseguir ajudar muito.~
beijinhos muito muito grandes.