sábado, dezembro 01, 2007

NÃO PODEMOS OLHAR SÓ PARA O NOSSO UMBIGO

sábado, dezembro 01, 2007

Hoje está um dia cinzento, daqueles dias que não se sabe muito bem se chove ou não. E aconchegada no sofá quentinha sabe muito bem ouvir esta música.
Por outro lado, ao ver o video dá para pensar que não devemos olhar só para o nosso umbigo e olhar também um pouco para o vizinho e pensar que há sempre alguém muito pior do que nós. Estamos em época de Natal, a corrida às compras já começou, mas eu nesta época lembro-me sempre daqueles que não têm um tostão para comprar nem que seja um pãozinho para a boca. E é precisamente neste video o que se vê.



The worlds on fire its more then I can handle
Ill tap into the water try and bring my share
Try to bring more, more then I can handle
Bring it to the table
Bring what I am able
Hearts are worn in these dark ages
Youre not alone in these stories pages
The light has fallen amongst the living and the dying
And Ill try to hold it in
Yeah Ill try to hold it in
Chorus
I watch the heavens but I find no calling
Something I can do to change whats coming
Stay close to me while the skys falling
I dont wanna be left alone dont wanna be alone
Chorus
Hearts break hearts mend love still hurts
Visions clash planes crash still theres talk of
saving souls still colds closing in on us
We part the veil on our killer sun
Stray from the straight line on this short run
The more we take the less we become
The fortune of one man means less for some
Chorus

3 comentários:

smpc83 disse...

É um video que toca bem ca dentro...
Eu também penso varias vezes nessas crianças que passam tanta necessidade, e nós tantas e tantas vezes passamos fartura a mais...
A gente ja sabe que a vida é muito injusta.
beijinhos e tenha um bom domingo

Capitão-Mor disse...

Também é trsite só nos lembrarmos destas coisas desta época, naõ concordas?
Boa semana pra ti!

pinky disse...

grande verdade! ando com umas ideias de pegar em mim e nos cobertores e roupas que estão em excelentes condições e ir distribuir pelos homeless de lisboa, sempre ficam mais quentinhos, há sempre qq coisa que podemos fazer, verdade?