sábado, janeiro 12, 2008

PENSAMENTOS

sábado, janeiro 12, 2008

O sono fugiu, tarda a chegar. O silêncio é de ouro entrecortado pelo ressonar do marido que dorme. A cabeça não pára de pensar, chego a ficar cansada pelo borbulhar de tantos pensamentos ao mesmo tempo. Penso na infância, na juventude, que nem cheguei a a viver, na mulher que cheguei a ser e na mulher que sou hoje. Tudo me passa pela cabeça e ao fazer um balanço chego à conclusão que até não foi assim tão mau. Claro que poderia ter sido muito melhor, mas não me posso queixar. E continuo a pensar, a pensar o que vou fazer amanhã. E há que arranjar metas para os sonhos. Alguns conseguem-se realizar, outros vão pelo cano abaixo e outros ainda ficam por se fazer.
Agora estou na fase de precisar olhar um pouco só para mim. É um defeito, ou uma virtude, não sei, esta de só pensar nos outros. E eu? Quem olha por mim? Ninguém. Então decidi: olhar mais por mim, tomar conta de mim própria, divertir-me, fazer o que me apetece, tratar do meu corpo e da minha mente. Esta questão de não conseguir emagrecer está-me a dar cabo da cabeça. Pensava eu que quem gostasse de mim como eu era como pessoa não se importaria com o meu aspecto, mas chego à conclusão que realmente o aspecto conta e muito na nossa sociedade. Eu sei que o principal é nos sentirmos bem, mas neste momento, eu não me sinto bem com o meu aspecto. E não estou a falar em aspecto desleixado, não, estou a falar de aspecto de gordinha. Para quem era tão magrinha. Só para perceberem eu pesava 47 quilos quando engravidei da minha filha mais velha, agora com com quase 90 quilos e até não como muito, mas a tiróide está-me a dar volta ao juízo. Sim, mas eu não vou deixar que isto me afecte, ai não vou não. Mas digam-me, afinal o aspecto conta muito, não é?

11 comentários:

Ângela Carrascalão disse...

Se for realmente verdade que, finalmente, estás a olhar por ti, a tomar conta de ti, então valeu a pena a noite de insónia!
Quanto à gordura alguém deixa de gostar de ti por pesares 90Kg? Não acredito...

Rubina disse...

Tem é que se sentir bem, ou seja, se não se sente bem assim então há que tomar algumas medidas sem stresses.O importante é o que acabou de dizer, que cuide de si. Beijinhos

Sária disse...

Olá querida Ana... Fiquei super feliz com sua visita... Bem, vim visitar seu castelo para desejar-lhe tbém um ótimo inicio de ano... Qto ao post... Na minha opinião sobre o assunto... Acredito que devemos encontrar nosso amor próprio... Qdo nos amamos passa a ser mais importante as opiniões que surgem de dentro pra fora da gente e não somente o contrário... Se não estamos satisfeitos com nós mesmos, cabe a nós tentar mudar, mas não tornar essa mudança como vida ou morte... Ou Alegria ou tristeza... Durante esta busca devemos olhar o que há de bom em nós e o que já nos fazem felizes... Há muitas coisas que deixamos passar despercebidas, que temos, que nos são valorosos e que não reparamos pq estamos mais aficionados em coisas físicas... Tbém era magrinha... rsss... E não tinha noção disto, vivia com complexo e não me curti o qto poderia... Hoje vendo as fotos me pergunto o qto somos bobos e imaturos... A verdade é que Deus é sábio... Com o tempo que se passa nos dá sabedoria para entendermos e refletirmos sobre tudo que se passou por nós... Por isso que existe aquele ditado... " Aaah! Se eu tivesse essa cabeça de hoje com aquela energia, ou com aquele corpo"... Bom acredito que conseguiríamos nos curtir mais... Hoje faço isso mesmo não tendo aquilo que tinha... Morei nos EUA e engordei 15 kg do que tinha... rsss... A verdade que com a idade que tenho hoje, a estrutura do corpo e a energia já não me possibilita recuperar ao todo o que era antes... rsss... Mas pensando bem, daqui 10 anos, olharei pra mim, para minha imagem de hoje e pensarei como eu ainda estava nova, podia usar essa ou aquela roupa e não usava pq tinha complexos, ou não me curtia como deveria... Pq queira o não o tempo passa e nunca seremos o mesmos... Vamos envelhecer e se não soubermos curtir o que temos hoje por causa de uma coisa ou outra, seremos eternamentes insatisfeitos... Pq a vida é o AGORA... Pq o amnhã nem sabemos se vai existir... Conheci durante a faculdade um grupo de alunos deficientes físicos, uns sem pernas, outros sem braços, outros sem visão ou má desenvolvimento dos seus membros... Pessoas que em declaração em uma palestra, namoram, estudam, trabalham, passam maquiagem, se arrumam, tiram fotos, amam, curtem a si mesmos como muitos de nós que somos saudáveis não conseguimos... POR QUE?... São felizes e irradiantes, mesmo ás vezes sendo tristes, conseguem dar a volta por cima de muitos problemas que para nós as vezes se torna bem maior do que é... Notei o quanto os meus problemas e complexos criados por mim eram ínfemos... Minúsculos e o quanto os considerava grande... A verdade é que devemos curtir a vida o máximo enquanto estamos aqui neste mundo, curtir as pessoas que amamos, o que nós temos, o que nós somos da melhor maneira possível pq o amanha é uma grande incógnita... Bjos mágicos pra ti e tudo de bom neste novo ano que se inicia...

Kokas disse...

Se há coisas que aprendi com "O Principezinho" é que o essencial é mesmo invisivel aos olhos. Até há pouco tempo não conseguia acreditar nisto, mas agora... ai agora...

Aquele beijinho!

Capitão-Mor disse...

Mente sã em corpo são! Eis um bom princípio...

Evelyne Furtado disse...

Ana, querida. Cuidar de si é o melhor que você tem a fazer. Mas faça-o por si mesma. Claro que a aparência conta, porém estou com KOKAS (acima) e Exupèrie: " o essencial é invisível aos olhos".
Beijos e fique bem.
Obrigada pelas visitas.

maggie t disse...

é assim mesmo! toca a olhar põr ti e a fazer coisas que te deem prazer e que gostes de fazer! o quer é preciso é viver a vida a 100% beijos grandes

AnadoCastelo disse...

maggie t:
Obrigado pela tua visita e pelo teu comentário.
Volta sempre que te apetecer e der na realíssima gana.
Beijinhos

Cris disse...

oi querida! tá parecendo eu quando perco o sonho...rsss...procurei o chá que vc indicou, não achei, então comprei outro: Doce sonhos. Até que foi bom!

Tem que se cuidar sim, eu sou assim tambem, me preocupo demais da conta com os outros, a ponto de me prejudicar, sofrer e isso não está certo mesmo, porque quando fico doente quem é que cuida de mim? então é um bom objetivo pra nós duas durante 2008 - cuidar mais de nossa saúde e bem estar em primeiro lugar!

Quanto a tireoide, a minha sobrinha (mãe do Felipinho)vai ter que tratar urgente, ganhou esse problema durante a gestação e o peso ao invés de diminuir só vem aumentando. Mas tem jeito viu, as vezes com medicamentos, outras vezes com tratamentos alternativos, o que precisa é ir ao médico fazer uma avaliação antes de tomar qualquer atitude.

Daí, depois de examinar o estado geral da garota, conte comigo pra aquela força no emagrecimento viu?!

Um beijão no coração,

Fique com Deus!

pinky disse...

ana....maggie=pinky ;) só me esqueci de mudar de usuário depois de ter ido aos zapateiros... sorry

smpc83 disse...

Ana eu entendo-te perfeitamente porque já passei por isso, mas o que te digo amiga, o que interessa é sentires-te bem e não ligues aos olhares e criticas dos outros, eu neste momento também me sinto em baixo mas por outros motivos.
beijos enormes e muita Força