terça-feira, julho 31, 2007

ANOS DA MANA

terça-feira, julho 31, 2007

No sábado lá fui para o Cartaxo, outra vez. A mana fazia anos e quis o pessoal todo lá para lhe dar os parabéns. Somos só duas e de vez em quando lá temos as nossas desavenças, mas depois tudo se compõe. Somos o cão e o gato, mas ninguém pode falar da outra se não pomos as unhas de fora para a defender. Mas acho que é próprio dos irmãos.

Bom isto tudo para dizer que havia festinha. Não pude ir logo de manhã porque o marido teve de ir trabalhar e disse que vinha a seguir ao almoço. Aí eu fico sempre de pé atrás porque às vezes ele diz isso e logo de seguida quase que chega na hora do jantar. Mas acabou por chegar às cinco da tarde, menos mal. Banhinho tomado e rumo ao campo.
Chegados lá, uma pequena surpresa. Também lá estava uma tia, que por mero acaso, faz anos no dia a seguir ao da mana. O jantar estava quase pronto e havia que esperar que o sol se pusesse um pouco mais para não bater nas mesas cá fora. Estava um fim de tarde fabuloso, quente mas não demais. De seguida, toca a comer. A meio do jantar grito para o meu sobrinho:
-Então isto é uma festa de anos e não há música?
Ele parecia uma mola, levantou-se e foi pôr música. Suave, claro. Mas depois de já estar tudo comidinho toca a pôr música para dançar. E foi até à meia noite para se aproveitar a cantar os parabéns à mana e à tia.
Só havia duas crianças: a neta e outra menina mais pequena. Mas coitadas as duas já estavam podres de sono, mas aguentaram-se até ao fim. E lá se cantou os parabéns.
Ah mais eu não disse que o marido de uma amiga tinha estado fora. 8 meses em Timor e está de regresso há apenas duas semanas e nesta confusão toda acabou por se cantar os parabéns a ele também pois tinha feito anos em Maio e como não estava cá aproveitou-se. Resumindo: cantou-se os parabéns a três aniversariantes, já bem comidinhos e bebidinhos.
Como lá estava muito gente e a minha irmã não tinha cama para todos, voltámos para Lisboa. Ela coitada ficou com muita pena de eu não ter lá ficado, espaço havia, mas cama? Aí o melhor mesmo é a nossa caminha. Olarilas!!!

2 comentários:

LoiS disse...

Esse tipo de eventos para mim, com regresso anunciado, já são penosos!

Não posso beber o meu "copito" social...hehehe

smpc83 disse...

Eu adoro estes eventos, até porque somos uma familia muito grande.
E domingo vai ser um dia desses, pois vou baptizar o meu filhote...
Beijinhos Querida