terça-feira, fevereiro 12, 2008

SÓ MAIS UM POUQUINHO...

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Só mais um pouquito de paciência. Ainda não consegui que me viessem arranjar o "pretinho", mas espero que esta semana fique tudo nos conforme. Também sei que depois vai ser uma maratona para pôr a leitura em dia, mas não me importo.
Este interregno fez-me pensar como somos animais de hábitos. Quando era miúda não havia televisão tínhamos de nos cingir a ouvir rádio. Na altura, parecia que uma coisa dessas não fazia falta. Havia sempre maneira de nos entretermos ao serão. Ouvir rádio, contar piadas, uma jogada de cartas, enfim. E para quem podia, ou tinha um pouquinho mais de dinheiro, ia ao cinema, ao teatro onde fosse possível ir. A seguir veio a televisão. E era ver quem da vizinhança tinha o aparelho para poder lá ir bater à porta e ver a caixa mágica, assim era considerada. E quem a podia adquirir já todos pensávamos que era rico e muitas vezes nem nos passava pela cabeça o sacrifício que se fazia para comprar fosse o que fosse. Que alegria que era nos fim de semana ir para as pastelarias passar o serão a ver televisão. Eu ainda me lembro de ir e voltar ao colo do meu pai a dormir. Sim, porque naquela altura a programação da televisão era só até à meia noite, agora temos televisão 24 horas por dia e às vezes nem ligamos. Mais recentemente e como todos sabem, veio a moda dos computadores. Meio de comunicação rápido, mais barato e que chega a todo o lado em "três tempos". E sem querer, ou por querer sei lá eu, é mais um hábito que já começa a ficar enraizado. De tal maneira, que quando nos falta parece que há qualquer coisa que não está bem. É assim que me sinto.
E daqui fazia um desafio a quem quisesse escrever no seu blogue sobre o que pensam dos hábitos de cada um com as novas tecnologias.

4 comentários:

maggie t disse...

nós e as nossas dependências...
mas uma coisa já aprendi, tão depressa ficamos dependentes como largamos a dependência, está td em nós! beijosssssssssss

Capitão-Mor disse...

Bem que eu estava a estranhar a tua longa ausência...

smpc83 disse...

Querida Ana eu também sou viciada no computador mas muitas das vezes não tenho tempo de ca vir, pois o Eduardo ocupa-me o tempo todo e quando esta doente ainda pior.
Que o teu computador fique conposto mais rapido do que aquilo que pensas.
Muitos beijinhos

cris disse...

Oi querida, que saudade de vc!

Tem razão, temos tantos hábitos que quando ficamos sem um deles é como se faltasse alguem da família. Eu tento não ficar dependente sabe? mas esses dias que fiquei sem internet me fizeram uma falta enorme...rssss....

Espero que volte logo.

Um beijão!