terça-feira, agosto 05, 2008

SAUDADES BRASILEIRAS

terça-feira, agosto 05, 2008

Não sou nem nunca serei poeta, mas fiz estes versinhos para uma amiguinha que como eu gostamos de ficar acordadas até tarde. Eu aqui neste jardim à beira mar plantado, ela no outro lado do aceano, dizem, no país de Deus. Eu concordo. País que terá os seus defeitos, assim como o nosso, mas tem muitas virtudes. É lindo de morrer. Eu sei, eu sei, também temos coisas bonitas, mas lá é outro mundo. E como sempre tenho saudades, muitas saudades.

Da madrugada eu estou,
Os meus sonhos fabrico,
Este meu acordar ficou
Mais feliz e mais rico.

2 comentários:

Rubi disse...

Gostava de dar um pulo a Natal. A ver se no proximo ano concretizo. Beijinhos

Evelyne Furtado disse...

Oi, Ana!
Que delícia ler sobre suas saudades de cá. Temos belezas diferentes, mas ambos os paises são belos. Chove muito esses dias em Natal e estou muito gripada, porém o sol nao tarda a voltar.
Um beijo do tamanho do oceano que nos separa.